Cultura de Segurança: a chave para reduzir riscos psicossociais e melhorar o desempenho de segurança nas indústrias

A segurança do trabalho é uma preocupação primordial em qualquer indústria, especialmente naquelas que envolvem riscos elevados. Uma cultura de segurança robusta não apenas previne acidentes e incidentes, mas também protege a saúde mental e física dos trabalhadores. Este conteúdo é baseado nos resultados de uma pesquisa realizada no setor de petróleo e gás na Malásia e visa fornecer insights valiosos para profissionais de segurança do trabalho, RH e operações das indústrias (Artigo base: Impact of Safety Culture on Safety Performance;Mediating Role of Psychosocial Hazard: An IntegratedModelling Approach).

A Importância da Cultura de Segurança

A cultura de segurança é o alicerce sobre o qual se constroem todas as práticas e políticas de segurança em uma organização. Ela reflete os valores compartilhados, atitudes e comportamentos dos membros da organização em relação à segurança. Uma cultura de segurança positiva é caracterizada pelo comprometimento da gestão com a segurança, um ambiente de trabalho seguro e o envolvimento ativo dos funcionários em questões de segurança.

Comprometimento da Gestão

O comprometimento da gestão é crucial para estabelecer e manter uma cultura de segurança eficaz. Os líderes devem demonstrar um compromisso genuíno com a segurança, não apenas em palavras, mas também em ações. Isso inclui alocar recursos adequados para medidas de segurança, responder prontamente a preocupações de segurança e integrar a segurança em todas as decisões operacionais.

Ambiente de Trabalho Seguro

Um ambiente de trabalho seguro é fundamental para prevenir acidentes e promover o bem-estar dos funcionários. Isso envolve a implementação de medidas de controle de riscos, manutenção regular de equipamentos e instalações, e a garantia de que os funcionários tenham o equipamento de proteção individual necessário para realizar suas tarefas com segurança.

Envolvimento dos Funcionários

O envolvimento dos funcionários em questões de segurança é um componente essencial de uma cultura de segurança eficaz. Os funcionários devem ser encorajados a participar de comitês de segurança, relatar condições inseguras e contribuir com sugestões para melhorar as práticas de segurança. Quando os funcionários sentem que sua opinião é valorizada, eles são mais propensos a se engajar ativamente na promoção da segurança no local de trabalho.

O Papel dos Riscos Psicossociais

Os riscos psicossociais referem-se a fatores no local de trabalho que podem impactar negativamente a saúde mental e física dos funcionários. Esses riscos incluem estresse excessivo, carga de trabalho desequilibrada, conflitos interpessoais e falta de apoio social. Uma cultura de segurança eficaz pode ajudar a mitigar esses riscos, promovendo um ambiente de trabalho positivo e apoiando o bem-estar dos funcionários.

Estresse e Carga de Trabalho

O estresse e a carga de trabalho desequilibrada são riscos psicossociais comuns em muitas indústrias. Uma cultura de segurança forte pode reduzir esses riscos, garantindo que os funcionários tenham cargas de trabalho gerenciáveis e tempo suficiente para completar suas tarefas. Além disso, o apoio da gestão e a disponibilidade de recursos adequados podem ajudar a minimizar o estresse no local de trabalho.

Conflitos Interpessoais e Apoio Social

Conflitos interpessoais e a falta de apoio social podem criar um ambiente de trabalho hostil e aumentar o risco de problemas de saúde mental. Uma cultura de segurança positiva promove a colaboração e o respeito mútuo entre os funcionários, contribuindo para um ambiente de trabalho mais harmonioso. O apoio social, seja por meio de colegas ou programas de assistência aos funcionários, é essencial para ajudar os trabalhadores a lidar com o estresse e outros desafios psicossociais.

Melhorando o Desempenho de Segurança

O desempenho de segurança de uma organização pode ser medido por meio de indicadores de atraso, como a taxa total de incidentes registráveis (TRIR), e indicadores antecedentes, que se concentram em atividades proativas de segurança. Uma cultura de segurança forte influencia positivamente ambos os tipos de indicadores, levando a um melhor desempenho de segurança geral.

Indicadores de Atraso

Os indicadores de atraso fornecem informações sobre acidentes e incidentes que já ocorreram. Embora sejam importantes para entender as áreas que precisam de melhorias, eles não oferecem uma visão proativa da segurança. Uma cultura de segurança eficaz pode ajudar a reduzir a frequência e a gravidade dos acidentes, refletindo-se em melhores indicadores de atraso.

Indicadores Antecedentes

Os indicadores antecedentes são essenciais para prevenir acidentes antes que eles aconteçam. Eles incluem medidas como auditorias de segurança, treinamentos e a implementação de práticas de trabalho seguras. Uma cultura de segurança positiva incentiva a adoção de comportamentos proativos de segurança, resultando em melhores indicadores antecedentes e, consequentemente, em um desempenho de segurança aprimorado.

A cultura de segurança é um elemento crítico na promoção da segurança do trabalho e na prevenção de riscos psicossociais. Um comprometimento sólido da gestão, um ambiente de trabalho seguro e o envolvimento ativo dos funcionários são fundamentais para construir uma cultura de segurança eficaz. Ao abordar os riscos psicossociais e promover práticas proativas de segurança, as organizações podem melhorar significativamente o desempenho de segurança, protegendo a saúde e o bem-estar de seus trabalhadores.

A Solução da Moodar para Segurança Psicológica nas Indústrias

Além das medidas tradicionais de segurança do trabalho, é essencial abordar a segurança psicológica dos funcionários para garantir um ambiente de trabalho verdadeiramente seguro. A Moodar, uma empresa especializada em saúde mental e bem-estar no ambiente corporativo e industrial, oferece uma solução robusta para promover a segurança psicológica nas indústrias e com isso, aumentar a produtividade e reduzir os riscos de erro humano. Por meio de programas de treinamento de lideranças, plataforma de gestão das DDS e formação de embaixadores da segurança, as indústrias podem prevenir acidentes. Essa abordagem contribui para reduzir o estigma associado à saúde mental e fortalece a cultura de segurança, resultando em equipes mais engajadas, produtivas e, sobretudo, seguras. A solução da Moodar para segurança psicológica é um complemento essencial às práticas de segurança do trabalho nas indústrias, garantindo um cuidado integral com a saúde dos funcionários.